A Fisioterapia no Bruxismo

Mas o que é bruxismo?

Bruxismo é caracterizado pelo fato do indivíduo ranger ou apertar os dentes. É um ato inconsciente que apresenta uma atividade repetitiva da musculatura mastigatória. Há dois tipos de bruxismo: bruxismo do sono, que ocorre durante o sono e só é percebido por alguém que esteja acordado ao lado, como seu parceiro ou membros da família, e o bruxismo em vigília que ocorre durante o dia.

De acordo com estudos recentes, a fisiologia e a patologia do bruxismo têm fatores desconhecidos, porém algumas condições como estresse, ansiedade, fumar, uso de certos medicamentos e problemas respiratórios podem ser considerados como fatores de risco ou agravantes para o bruxismo.

Pacientes bruxistas costumam apresentar os seguintes sintomas: dores de cabeça, principalmente na região temporal, dor na face, fadiga muscular, dor na cervical, desgaste dental, ruídos articulares e diminuição da amplitude de movimento, podendo gerar também disfunções temporomandibulares. O diagnóstico é feito através de observação do próprio paciente em sua rotina e pelo exame de polissonografia, onde o paciente é monitorado enquanto dorme.

Em uma revisão sistemática publicada recentemente, Mesko et al. afirmam que no passado, com base na suspeita de que o desequilíbrio oclusal (oclusão é o contato entre os dentes – mordida cruzada, mordida aberta, etc…) era o principal fator etiológico para o bruxismo, os dentistas costumavam indicar ajustes oclusais. Porém, há fraquíssimas evidências que isso funcione. Mesko et al. ainda destacaram várias intervenções de acordo com a literatura achada, e dividiram esses tratamentos nos seguintes grupos (não significa que todos funcionem):

  1. Intraoral: ajustes oclusais, placas oclusais, aparelhos de avanço mandibular.
  2. Terapia com remédios: antidepressivos, antiepiléticos, anti-histamínicos ou dopaminérgicos.
  3. Injeção intramuscular: toxina botulínica A.
  4. Comportamentais: técnicas de relaxamento e de higiene do sono, tratamento cognitivo, terapia psicológica.
  5. Fisioterapia

Abordando o tópico número 5 e finalmente entrando na minha área, a fisioterapia apresenta diversas técnicas para tratar os SINTOMAS do bruxismo, e não as CAUSAS. Terapia manual, cinesioterapia, eletroterapia, fototerapia, massoterapia, são especialidades dentro da fisioterapia que propõe o objetivo de melhorar a dor e a função, inibir a musculatura hiperativada, estimular a propriocepção e a produção de líquido sinovial, melhorar a elasticidade, melhorando assim a qualidade de vida.

Em um estudo feito por Segat et al., foram aplicadas técnicas de terapia manual em pacientes com bruxismo do sono, e notou-se a diminuição dos sintomas (apertamento/ranger dos dentes, fadiga muscular, tensão dos músculos faciais, cefaleia e dor no masseter), melhorando a qualidade de vida. Já no estudo de Gomes et al., foi combinado a massoterapia e a terapia com placa oclusal em indivíduos com DTM e bruxismo do sono, e a combinação destas terapias levou a uma redução na intensidade de sinais e sintomas. Esses trabalhos (assim como outros) sugerem que devem ser realizados mais estudos envolvendo diversas terapias no tratamento do bruxismo, pois as evidências ainda são fracas.

Levando para o lado clínico, os pacientes apresentam uma melhora significativa na combinação das terapias. Por isso a importância do tratamento multidisciplinar, envolvendo fisioterapeutas, dentistas, psicólogos, médicos, fonoaudiólogos.

 

Referências: Therapies for bruxism: a systematic review and network meta-analysis (protocol)

The manual therapy on the signs and symptoms of sleep bruxism

Effects of massage therapy and occlusal splint therapy on electromyographic activity and the intensity of signs and symptoms in individuals with temporomandibular disorder and sleep bruxism: a randomized clinical trial

 


mm

Fisioterapeuta com especialização na reabilitação de pacientes com Disfunções Temporomandibulares e Dor Orofacial. Pós-graduanda em Fisioterapia Traumato-ortopédica e Fisioterapia Desportiva. Instrutora de Pilates por amor à terapia através do movimento. Rio de Janeiro - RJ


Leave a Reply